in

Com Renda Brasil barrado por Bolsonaro, o auxílio emergencial será prorrogado? Vídeo

A notícia de que o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido – RJ), barrou as negociações que definiriam as regras do Renda Brasil, caiu como uma bomba para aqueles que dependem do auxílio emergencial e para os beneficiários do bolsa família.

Por causa da pandemia da Covid-19, milhares de famílias perderam suas fontes de renda, foi pensando na sobrevivência destas pessoas que o governo federal criou o auxílio emergencial de vai de R$ 600 a R$ 1.200 reais.

A princípio o auxílio emergencial teria apenas três parcelas, mas diante da grave crise econômica na qual o país mergulhou por causa do novo coronavírus, houve a prorrogação e os benificiários tiveram direito a mais duas parcelas, totalizando cinco meses recebendo o socorro financeiro.

Há chances de o auxílio emergencial ser prorrogado?

De acordo com o especialista político Valdo Cruz, colaborador da Globo News, após a decisão do presidente da República de suspender as negociações do Renda Brasil, assessores de Jair Bolsonaro passaram a defender a prorrogação do auxílio emergencial que deverá ser pago até os primeiros meses de 2021.

Ainda segundo Valdo Cruz, a prorrogação deve acontecer caso um novo programa social de distribuição de renda não seja aprovado em tempo hábil para entrar em vigor no início do próximo ano.

Assista o vídeo com a explicação detalhada de Valdo Cruz:

LEIA TAMBÉM:

Fonte: G1